fbpx

Blog

26/04/2018 Marketing digital

Entenda o uso de palavras-chave no SEO

O uso de palavras-chave no marketing digital já é consagrado e fundamenta a ativação de muitas ações. Os termos mais procurados, mesmo com grande concorrência entre os participantes do mercado, têm sua importância na geração de resultados de uma empresa na internet.

As técnicas de otimização de busca, o SEO, alimentam-se do poder da palavra-chave para ajudar a posicionar o a página nos primeiros resultados. Ou seja, o uso racional dos termos é de grande valia para os negócios.

Leia neste artigo o como as palavras-chaves estão na base das estratégias do marketing digital e como usá-las para trazer resultados para empresas e marcas.

As palavras-chave e o Google

Você sabia que o Google tem a marca mais valorizada do mundo, com valor estimado em US$ 109,4 bilhões? E que tudo isso começou com as palavras-chave? Um conceito tão simples que fundou o negócio core de uma das companhias mais respeitadas e inovadoras do planeta.

A referência foram as páginas amarelas, da antiga lista telefônica. Em vez de folhear um livro com centenas de páginas em busca de um produto ou serviço, bastava digitar um termo no buscador para obter um resultado. Esse termo é a palavra-chave. Com a popularização dos buscadores, as palavras-chaves se tornaram um dos fundamentos do marketing digital, que movimenta milhões diariamente.

O vencedor leva tudo

Uma parcela significativa do tráfego da internet é orientada pelo Google. Isso quer dizer que o buscador encaminha os internautas para blogs, sites e lojas virtuais num volume tão grande que é necessário orientar os negócios para captar essa audiência a fim de transformá-la em novos negócios. Daí a necessidade de aparecer na primeira página e nas primeiras posições nos resultados do Google.

As técnicas de SEO, que já abordamos aqui no blog, são as responsáveis por otimizar os resultados, e devem orientar os esforços de comunicação para as páginas serem encontradas pelo Google. Tudo começa com uma palavra-chave, que ao ser digitada ativa os algoritmos e encaminha as pessoas a diversos resultados.

Como esse algoritmo é um segredo muito bem guardado, resta compilar as informações disponíveis sobre as buscas, fazer testes e seguir caminhos que já se mostraram eficientes. Os primeiros resultados orgânicos — aqueles em que não há investimento de mídia para aparecerem — são cada vez mais frutos da aplicação das técnicas de SEO.

Disputa por palavras-chave

Para garantir o seu bom seguimento nos meios digitais, empresas e marcas precisam entrar em uma disputa por palavras-chave. Para tanto, é preciso dominar a semântica do negócio, determinando quais são os temos principais que orientem as pessoas em uma busca.

Consumidores recorrem aos buscadores para encontrar soluções para seus problemas e oportunidades. As marcas munidas das palavras-chave que as pessoas possivelmente usam podem se beneficiar dos resultados orgânicos ao aplicar o SEO em sua estratégia.

A concorrência pelas palavras-chave segue critérios e técnicas que podem aumentar o alcance de cada termo e posicionar uma página nas primeiras posições do Google. Vamos a algumas delas.

Head e Long Tail

Palavras-chave podem ser termos de busca ampla, como marketing, que engloba diversas áreas dos campos de atuação mercadológica. São chamadas de head tail, por encabeçar o segmento e ter um alto volume de busca. Por sua vez, as long tail são mais específicas e direcionam melhor os resultados. Formadas por no mínimo palavras, como “marketing de conteúdo”, elas têm um volume de busca relativamente baixo, mas são de interesse específico. Ter uma lista de palavras-chave head tail e long tail aplicadas a anúncios e conteúdos garante que os clientes sempre irão encontrá-los.

Etapa do funil de vendas

Quando pensamos em palavras-chave sobre uma empresa, quase que automaticamente vêm à mente aquelas de fundo de funil. Ou seja, as que são específicas para venda e partem de um usuário com alto potencial para se tornar cliente. O SEO precisa ativar palavras que atendam a empresa em todas as etapas do funil de vendas. Por exemplo, quando o cliente ainda está ainda analisando seus problemas ou sendo convencido de possíveis soluções. Cada etapa precisa de sua lista de palavras-chave, que têm às vezes mais a ver com a necessidade do cliente do que com o negócio da empresa.

Volume e Concorrência

Existem alguns parâmetros para se estabelecer as melhores palavras-chave a serem usadas em estratégias de marketing digital. Dois deles são fundamentais: volume de buscas e concorrência. As palavras-chave no Google são muito disputadas, saber se a concorrência é alta, moderada ou baixa é importante para entender o desafio de usá-la na estratégia. Uma de concorrência alta certamente vai demandar mais esforços para dar resultado.

o volume indica o número médio de buscas em um período. É um parâmetro que indica se a palavra-chave é requisitada pelas pessoas e se vale a pena usá-la no SEO.

Ferramenta

Para ajudar nessa organização, uma ferramenta muito utilizada é o Google Keyword Planner. Nele, é possível fazer um rastreamento das melhores palavras-chave, ver seu ranking, estatísticas e a partir dos dados se planejar para usá-las em anúncios e conteúdos. É uma ferramenta completa e grátis.

Aplicar as técnicas de SEO exige conhecer o poder das palavras-chave e entender o seu potencial para a otimização dos resultados. A escolha dos termos corretos pode ser o primeiro passo para alavancar os negócios e trazer os resultados esperados.

Você achou esse artigo interessante? Siga-nos nas redes sociais para ter acesso a outros como esse.

Postado por:
Flávia da Fonte