fbpx

Blog

Por que investir em Inbound Marketing agora?

Com os setores de comércio e serviço praticamente parados devido à Pandemia, cresce a necessidade de as empresas buscarem alternativas digitais para se conectar com os consumidores. Embora haja muitas ferramentas no marketing online, elas precisam de metodologias de uso para alcançar seus objetivos.

Inbound Marketing, a publicidade de atração, ganha ainda mais destaque neste momento (em que a publicidade online tem mais relevância) do que o Outbound Marketing, a publicidade de vocalização. São estratégias distintas de aproximação do público, mas você sabe diferenciá-las?

Primeiramente, vamos explorar esses dois conceitos e, ao final deste artigo, responderemos à pergunta do título. Veremos que esses tempos pedem mais interação e uma boa dose de estratégia digital. Boa leitura!

Inbound e Outbound

Diferentemente do título deste artigo, não usaremos o “x” para caracterizar uma oposição dos dois métodos, e sim o “e” para explicar que inbound e outbound marketing são apenas duas formas, já consagradas, de se atingir o público-alvo de formas diferentes. 

Uma vez que as pessoas consomem informações de maneira complexa e difusa no dia a dia, faz mais sentido usar ferramentas e métodos complementares do que fazer escolhas de antemão por cada um. 

Mas isso não elimina uma análise profunda do tipo de campanha que pode ser mais eficiente para cada empresa. Nessa hora, cabe aos especialistas uma avaliação para se fazer um planejamento e definir as práticas para a execução. 

Para tanto, vamos às definições de inbound e outbound marketing:

  • Inbound marketing: consiste em uma série de ações de marketing digital que visa a ATRAIR O PÚBLICO para produtos e serviços por meio do envolvimento com conteúdo de alta relevância e em canais específicos, com o objetivo de criar um relacionamento que converta em consumo.
  • Outbound marketing: é a publicidade convencional (por meios tradicionais e/ou digitais) usando formas de vocalização de mensagens para CHAMAR A ATENÇÃO DO PÚBLICO para produtos e serviços através da ocupação de espaços de mídia, com intensidade e frequência, a fim de gerar interesse de compra nas pessoas.

Enquanto um quer envolver as pessoas no negócio usando conteúdo relevante, o outro busca impactar com a repetição das mensagens publicitárias.

Assim, por exemplo, é possível convencer empresários a contratar serviços de aumento de score de crédito com anúncios na TV e na rede de display do Google ou por meio de um conteúdo altamente conectado com o negócio do cliente, disponibilizado em canais estratégicos como blogs e mídias sociais.

Como funcionam?

Abaixo, um quadro resumo de algumas características dos dois métodos em relação a tópicos presentes em campanhas publicitárias.

 

INBOUND

OUTBOUND

MÍDIAS

Inserção contextual de conteúdo nos locais virtuais frequentados pelo público

Ocupação de espaços disponíveis para performance de anúncios.

CONTEÚDO

De alto valor e interesse para o público

Chamar a atenção para marcas e produtos por seus atributos

PLATAFORMA

Internet (com ênfase em SEO e SEM)

Ênfase nos meios tradicionais de comunicação e uso da internet

PÚBLICO

Criação de comunidades e aprofundamento do relacionamento

Contexto de consumo de mídias

OBJETIVO

Captar leads qualificados

Atingir grande número de pessoas

ETHOS

Convite à participação por meio de trocas

Interrupção de atividades para chamar a atenção

RESULTADOS

Vendas e alto engajamento

Vendas

Qual o melhor método?

Temos abordado com frequência, no Blog da Tante, tópicos sobre o inbound marketing nas estratégias digitais. São diversas as formas de atrair clientes usando todo o potencial do conteúdo gerado nos canais virtuais frequentados pelas pessoas. É uma metodologia que ganha espaço nos esforços digitais de empreendimentos de todos os portes e segmentos hoje em dia. 

Em contrapartida, o outbound marketing tem uma longa história de construção da publicidade no mundo. Desconsiderar sua eficiência e sua expertise pode ser um grande erro quando produtos precisam de uma alta rotatividade de vendas.

Sim, é possível uma marca trabalhar com estratégias de inbound e de outbound ao mesmo tempo. Os esforços de comunicação são amplos e podem se somar na busca por resultados. O MELHOR MÉTODO, portanto, é aquele que responde com eficiência às necessidades do anunciante. 

No momento, acreditamos que as empresas devem investir no Inbound Marketing.

Conclusão: por que investir no inbound marketing agora?

Clientes vão e vêm todo dia. São diversos os motivos que os fazem optar pelo seu produto ou desistir dele e comprar do seu concorrente. Este movimento natural, contudo, está sofrendo a influência de um fator externo: o isolamento social. E este pode ser — e provavelmente é — o motivo de o seu cliente estar afastado agora.

Para não o perder, é importante estabelecer laços mais fortes, criar uma relação de lealdade, fazer-se presente na vida dele. A distância dos produtos para os clientes pode ser encurtada com o marketing de atração: o inbound marketing.

Uma campanha de atração pode manter o público orbitando a sua marca, consciente dos benefícios do seu produto e pronto para a compra quando for possível. Ou seja, atraí-lo para efetuar a venda depois. Essa é uma maneira de potencializar um futuro negócio, quando o isolamento social tiver acabado.

Por ora, a demanda está reprimida. Sua empresa não está perdendo vendas para a concorrência, e sim para a externalidade. O inbound marketing no momento é uma excelente metodologia de ação no mundo digital para represar os clientes, conscientizando-os da importância do seu produto em suas vidas. É a sua melhor opção.  

Se você tem dúvidas e quer saber como o inbound marketing pode potencializar suas vendas quando o mercado se reaquecer, entre em contato conosco. Apresentaremos nosso método de trabalho para a solução dos seus problemas de publicidade digital.